HOME | PREVISÃO | ALERTA REDES | FOTOS | VÍDEOS | BOLETINS | CAMS AO VIVO | RESSACÃO | NOTÍCIAS | CONTATO

ITALO VENCE O RIP CURL BELLS BEACH
Voltar  Home  Imprimir esta página   05/04/2018


Uma quinta feira monstruosa em Bell Beach, com performances de barbarizar e outras de arrepiar, tal o tamanho da radicalidade imposta por verdadeiros guerreros do oceano, terminando com a vitória estrondosa de um brasileiro, nordestino e com muito talento chamado Italo Ferreira, que emplaca sua primeira vitória nesta temporada. Nas quartas de finais ele já aprontava com seu surf e foi chamado de elétrico, graças ao seu aproach no mar e sua energia fora dele. O backside de Ferreira nos bowls de Bells nem tomaram conhecimento do índio hawaiiano, Zeke Lau. Nesse heat ele meteu 8.83 e um 9.03 no Zeca que deve ter pensando daonde saiu esse malaco doido. Crescido em Baia Formosa e escolado naquelas direitas, seu ataque a Bells só crescia. A bateria das semifinais onde encontrou seu colega Gabriel Medina, foi de tirar o fôlego. Dois atacantes backsiders que iluminaram os bowls dessa praia lendária. Gabriel demorou mas quando embarcou na primeira onda, viu-se que o jogo era pareô duro, porem o mais novo campeão de Bells não aliviou, resistiu e mostrou que estava no game. Logo após as meninas realizarem suas finais o sujeito voltou a arena juntamente com o mais ilustre filho australiano surf do momento, o albino Mick Fanning. Cidadão da Rip Curl team, necessitaria aqui de um parágrafo imenso em enumerar seus feitos. Mas resumo no meu mais profundo respeito a esse espirituoso e virtuoso tricampeão. Bem, Fanning já de cara recebeu notão na sua primeira cheia dos arcos radicais e conhecidos nas pistas de Bells e depois só administrou, enquanto o tal Elétrico dropava uma e mais umas. Séries perfeitas com mais de tantos metros e com bowls cabulosos no inside da bancada, completavam o show com mais de milhares de espectadores, afinal estamos no pais do surf. O tempo passando...Ferreira trocando notinhas miúdas em grandes performances e nos minutos finais, um onda, só uma se aproximou de Fanno, quando Italo voltava com a troca de notas e ele olhou a praia e não sei que estalo houve e o aussie, deixou ela passar enquanto o público urrava para ele ir. Esperou Italo se posicionar no outside e foi lá abraçar o elétrico brasileiro e assim terminaram o set. Fanning se aposenta docemente e Ferreira, desmorona dentro dágua agradecendo a Deus. O resto você ouve e lê por ai. Rip Curl Pro Bells Beach, cheers Mike. Texto Castro Pereira Fotos WSL


  

Voltar       Home        

Copyright by Xandão e Pitol.net
Websul Ondas do Sul